Autor: cbjp

Paralisação do Incra significa fim da reforma agrária e “presente” aos latifundiários, diz MST

O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) considera que a paralisação das atividades do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) é um “presente” do governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) aos latifundiários e que a suspensão das atividades é “o fim da reforma agrária no país”.

Ler mais

Representantes da sociedade civil entregam manifesto em defesa do sistema eleitoral

Para o representante da Comissão Justiça e Paz (CJP), José Geraldo de Sousa Junior, a união de esforços de vários integrantes da sociedade brasileira “engajados no espírito de fortalecimento institucional vem também na intenção de realinhar, por meio das eleições que se avizinham, o caminho das ações democráticas já conquistadas”.

Ler mais

Parlamentares pedem providências rápidas para conter garimpo ilegal em terras ianomâmis

Deputados e senadores que foram a Roraima nos dias 11 e 12, para apurar denúncias de violações de direitos dos povos ianomâmi, pedem ações imediatas para conter o garimpo ilegal na região e reivindicam mais estrutura aos órgãos públicos para que se possa fazer uma fiscalização permanente na reserva de mais de 9 milhões de hectares.

Ler mais

O assassinato da jornalista Shireen Abu Akleh e os ataques ao seu funeral expõem a brutal realidade dos palestinos para o mundo

Neste próximo domingo, palestinos de todo o mundo estarão mais uma vez relembrando a Nakba: a limpeza étnica de mais de 750.000 palestinos de suas terras e lares que levou ao estabelecimento do Estado de Israel, a destruição de mais de 500 aldeias palestinas que foram exterminadas do mapa por causa do novo país.

Ler mais

Guilherme Delgado. Brasil: saídas às arapucas do agronegócio

A hegemonia do agronegócio no Brasil, nos últimos 20 anos, criou uma “arapuca macroeconômica” com consequências desastrosas e de longo prazo sobre a economia brasileira. E é o que está por trás da inflação descontrolada dos alimentos e do agravamento da crise, na avaliação do economista Guilherme Delgado. 

Ler mais