Chico Alencar será relator que vai analisar denúncias contra Gabriel Monteiro na Câmara do RJ

Processo que pode levar à cassação de mandato do vereador bolsonarista tem prazo máximo de 90 dias para ser concluído

Redação
Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ) |

Vereador do Rio é acusado e investigado por diversos crimes – Renan Olaz/CMRJ

O vereador Chico Alencar (Psol) foi sorteado na tarde desta terça-feira (12) como o relator que vai analisar no Conselho de Ética da Câmara Municipal do Rio de Janeiro a representação e as denúncias de estupro, violação de direitos da criança, agressões, uso indevido de dinheiro público para interesses privados e assédio moral e sexual de funcionários envolvendo o vereador Gabriel Monteiro (PL). O parecer de Alencar pode levar à cassação do mandato de Gabriel.

Leia mais: Gabriel Monteiro pode ser proibido de exercer cargo público por lei que propôs como vereador

Mais cedo, antes que fosse sorteado relator no Conselho de Ética, Chico Alencar manifestou o desejo de incluir nas denúncias contra Gabriel um vídeo que circulou nas redes sociais e que levanta a hipótese de relação abusiva por parte do denunciado com uma criança em situação de vulnerabilidade.

A partir de agora, Chico tem cinco dias para citar Gabriel Monteiro. O relator, então, abre o prazo de dez dias úteis para o vereador apresentar defesa prévia escrita. A partir da defesa apresentada, tem início a fase de instrução do processo, pelo prazo de até 30 dias, prorrogáveis por mais 15 dias.

Leia também: RJ: após vídeo íntimo com adolescente, Gabriel Monteiro vira alvo de operação da Polícia Civil

Novamente, Chico Alencar tem cinco dias para concluir pela procedência ou arquivamento da representação. Se o processo seguir adiante, a defesa de Gabriel tem mais cinco dias para apresentar as alegações finais. O parecer do relator é submetido aos membros do Conselho de Ética. Se o colegiado for favorável à denúncia, o processo é encaminhado à Mesa Diretora da Câmara e incluído na pauta.

Os vereadores do Rio decidem em votação aberta no Plenário pela punição ou não de Gabriel Monteiro. Para que ele seja suspenso ou tenha o mandato cassado, são necessários 34 votos, ou seja, dois terços dos vereadores que compõem a Câmara do Rio.

Após o sorteio, Chico Alencar afirmou que seu trabalho no Conselho de Ética será “apurar tudo, com serenidade, isenção e firmeza”.

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Eduardo Miranda

fonte: https://www.brasildefato.com.br/2022/04/12/chico-alencar-sera-relator-que-vai-analisar-denuncias-contra-gabriel-monteiro-na-camara-do-rj

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.