ContraNarrativas e ContraAtaques em Comunicação e Tecnologia

 

Virar digital é a solução oferecida para sua vida laboral, amorosa, doméstica e, como versa Giberto Gil¹, tem um app até pro monge no convento receber a mensagem de Deus pelo iPhone.No início da rede, na virada do milênio, a gente ainda entrava e saia da internet, mas a experiência contemporânea é completamente diferente. A internet foi tão incorporada ao cotidiano das pessoas que quando ficamos sem conexão, dizemos “Caí!”, usando, portanto, a primeira pessoa do singular como o sujeito oculto das operações estruturais da internet. É comum as pessoas se implicarem no processo como se a conexão fosse através do próprio corpo, como se não fossem os aparelhos, mas nós próprias que estivéssemos conectadas.

As tecnologias – todas smart – invadiram o cotidiano e se colocam como mediadoras de praticamente todas as relações humanas. Junto a essas transformações está colada a ideia de progresso. Será que é por aí mesmo? A internet realmente mudou a economia, a política, as ciências em geral, a ocupação territorial, a forma de produzir e consumir alimentos – e isso tudo de uma maneira mais que veloz. Estamos atordoadas pelo ritmo das mudanças e muitas vezes não conseguimos acompanhar o ritmo do mundo conectado que é bastante desigual.

Nesse curso vamos abordar como a conectividade provoca transformações nos sujeitos de maneiras subjetivas e materiais, além de seus impactos para a coletividade. Vamos pensar juntas quais saídas são possíveis e compreender que possíveis estratégias existem de cuidado, defesa e contra-ataque, politizando cada um dos caminhos. Essa não será uma oficina prática, mas um curso para compreender e analisar os impactos e potências das comunicação e tecnologias, apontando caminhos, referências, fontes e veredas.

O curso vai acontecer nos dias 5, 6 e 7 de julho, de maneira online. Conteúdos expositivos e material didático será enviado previamente e resgatado de maneira breve durante as aulas, para que seja fomentado um espaço de debate e troca entre as participantes.

METODOLOGIA:

  • Conteúdos didáticos serão enviados por whatsapp e por email
  • Perguntas e dúvidas podem ser enviadas por ambos canais de comunicação
  • Aulas online servirão como espaço para pesquisa de práticas através de enquetes e opiniões, esclarecimento de dúvidas e debate sobre o tema

PROGRAMAÇÃO:

5 de Julho

• Como estamos nos sentindo na internet?

• Por que estamos nos sentindo dessa forma?

06 de Julho

• Como sair dessa?

• Estratégias de regulação e autonomia

07 de Julho

• Estratégias de cuidado e defesa

• Estratégia de ataque

INSCREVA-SE

 

Inscrições de 10/06/22 a 24/06/22
Liberação de conteúdo didático: 17, 24 e 30 /06

 

fonte: https://soscorpo.org/?p=16265

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.