A Doutrina Social da Igreja como subsídio para escolher eticamente candidatos e programas políticos

[featured_image]
Download
Download is available until [expire_date]
  • Version
  • Download 30
  • Tamanho do Arquivo 127.61 KB
  • File Count 1
  • Data de Criação 2 de junho de 2021
  • Ultima Atualização 2 de junho de 2021

A Doutrina Social da Igreja como subsídio para escolher eticamente candidatos e programas políticos

O objetivo deste texto consiste em fornecer critérios ético-políticos para as eleições de outubro de 2018, à luz de alguns grandes princípios da Doutrina Social da Igreja. A participação na vida política não é só um direito, mas um dever de cidadania para garantir a permanência da democracia. “Toda democracia deve ser participativa” (CA 46). Isso significa para as pessoas e comunidades um direto-dever de serem informadas, ouvidas e envolvidas no processo eleitoral. Daí a exigência e necessidade de um voto consciente que toma em consideração as consequências para a vida e o bem de todos os brasileiros e brasileiras, ou seja, o BEM COMUM. A busca da realização do bem comum é um critério que permite e incentiva a escolher candidatos e partidos políticos que nos seus programas constam uma determinação de implementar políticas (públicas) que garantam esse bem comum.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.