Pandemia Cristofascista

[featured_image]
Download
Download is available until [expire_date]
  • Version
  • Download 37
  • Tamanho do Arquivo 4.08 MB
  • File Count 1
  • Data de Criação 5 de maio de 2021
  • Ultima Atualização 5 de maio de 2021

Pandemia Cristofascista

Fábio Py

A teologia está em cena e é uma arena em disputa. Isso se percebe desde a campanha eleitoral de Jair Bolsonaro em 2018, quando utilizou como base o famoso versículo de “conheces a verdade, e a verdade vos libertará”, do Evangelho de João (Jo. 3, 32). Com ele, impulsionou sua disputa política entre os setores cristãos. O que é pior: os setores mais intelectualizados e acadêmicos não percebem ou ignoram essa disputa. Nisto, é preciso ser enfático: não colocar a teologia em pauta é perder de vista o poder existente em sua utilização política pela via do fundamentalismo cristão das grandes corporações. Destaco tal dado porque uma teologia parece acompanhar um movimento que abarca desde o governo autoritário de Bolsonaro, passando pela “Bancada Evangélica” (ou de forma mais expandida a Frente Parlamentar Evangélica – FPE) e se reflete, sobretudo, no cotidiano das favelas, das roças e das periferias. Em tais contextos, uma expressão específica de teologia encontra seu idioma. É comum no dia-a-dia ouvir os chamamentos: “Vai com Deus”, “Deus abençoe”, “A Bíblia diz”. Portanto, desprezar a força da teologia no cotidiano é desprezar (Pollack, 1987) um dos fatores mais importantes que contribuíram para eleição de Bolsonaro e cegar-se de que uma expressão teológica tornou-se forma de poder institucional (Schmidtt, 1988; Py, 2020). Sobretudo, à teologia apologética das grandes corporações tonificam o
atual poder político do Brasil (Py, 2020).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.