O Papa: a Igreja na Amazônia testemunha a sinodalidade

Francisco se alegra pelo compromisso “das Igrejas Particulares da Amazônia Brasileira, por meio de suas comunidades, em levar adiante as indicações da última Assembleia Sinodal, testemunhando ao mesmo tempo, pela já enraizada e bela tradição dos encontros das Igrejas Locais, a vivência da sinodalidade – como expressão de comunhão, participação e missão – à qual toda a Igreja é chamada”.

Ler mais

Covid: como enfrentar a nova onda

Desde o início de maio, a tendência de queda dos casos de covid no Brasil inverteu-se. Agora está claro que atravessamos uma nova onda. A média móvel de infecções registrada neste domingo (5/6) foi de 29.342, o que significa um aumento de 103% em comparação a duas semanas atrás. Os riscos de um nível ampliado de internações e mortes, semelhante ao do início do ano, são reais. Há meios de enfrentá-los — mas persistem as hesitações políticas que tornaram o Brasil um dos países mais atingidos pela pandemia.

Ler mais

Justiça Federal garante direito a consulta prévia ao povo Munduruku em caso de porto irregular em Itaituba (PA)

A Justiça Federal de Itaituba (PA) determinou que o Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS), mantenha a suspensão do processo de concessão do licenciamento ambiental do terminal portuário da empresa Rio Tapajós Logística (RTL) até que seja realizada consulta prévia, livre e informada aos povos Munduruku, como prevê a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT)

Ler mais

Massacre em uma igreja católica na Nigéria, a dor do Papa

Homens armados invadiram a Igreja de São Francisco Xavier em Owo, Estado de Ondo, atirando contra os fiéis que estavam celebrando a Solenidade de Pentecostes. Muitas as vítimas, incluindo várias crianças. Francisco expressa a sua proximidade às famílias dos mortos e dos feridos. Presidente Buhari: “O país nunca se renderá ao mal”.

Ler mais

Repórter é ameaçado de morte após revelar esquema de fake news pró-Bolsonaro

O jornalista Lucas Neiva, do Congresso em Foco, virou alvo de ameaças de morte e teve dados pessoais vazados após a publicação de uma reportagem de sua autoria, nesse sábado (4), em que denuncia a tática de um fórum anônimo para produzir fake news em favor do presidente Jair Bolsonaro. Depois de ameaçar, o grupo também atacou e derrubou o Congresso em Foco nesta madrugada, situação que perdurou até por volta das 9 horas deste domingo (5).

Ler mais