A Bancada do PSOL na Câmara exige a imediata e rigorosa investigação, incluindo perícia local e no Instituto Médico Legal, sobre ação policial que resultou em inúmeros assassinatos na comunidade na manhã de hoje.

Ofício ao Governador do Rio de Janeiro e ao Procurador Geral de Justiça acaba de ser protocolado. O documento também é assinado pela bancada do PSOL na ALERJ, pelo líder do partido na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, Tarcísio Motta, e pela deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ).

A líder do PSOL na Câmara dos Deputados, Talíria Petrone (RJ), enfatizou que o que aconteceu hoje na favela do Jacarezinho foi uma das maiores chacinas ocorridas na história do Estado, em plena pandemia: “Mais de 25 pessoas foram mortas pelo braço armado do Estado, que segue seu plano genocida. O governador do Rio e o Procurador Geral de Justiça do Estado precisam iniciar uma rigorosa investigação sobre a ação policial e nos dar uma reposta sobre essa barbárie. Não só a nós, mas às famílias, aos moradores, cidadãos e cidadãs do Rio. Não é possível que pessoas negras e faveladas continuem sendo alvo dessa política genocida”, enfatizou a deputada.

A bancada também entrará, ainda hoje, com pedido de criação de uma Comissão Externa na Câmara dos Deputados para o acompanhamento das investigações.

Seguem os ofícios:

Ofício ao Governador do Rio de Janeiro
Ofício ao Procurador Geral de Justiça – RJ