Garoto foi alertado do golpe por segurança de um supermercado. Ele usaria o dinheiro para repor a mercadoria e comprar alimentos para casa

Por Luisa Fragão - 

Imagem: Sandro Moraes/Arquivo Pessoal

Um menino de 13 anos que vendia trufas de chocolate em um semáforo do bairro Retiro, em Jundiaí, interior de São Paulo, chorou após perder toda a mercadoria que comercializava. Ele foi enganado por uma mulher, que levou todos os doces por uma nota falsa de R$ 100. O caso aconteceu na noite de sexta-feira (28).

De acordo com reportagem de Abinoan Santiago, no UOL, o menino percebeu que a nota era falsa somente depois de ser alertado por um segurança de um supermercado. O garoto foi ao estabelecimento para repor a mercadoria e comprar alimentos para casa.

“Ele chegou perguntando se a nota era verdadeira. Percebi que era falsa na hora, mas fomos ao balcão confirmar e lá vimos que não tinha relevo e outros detalhes de uma verdadeira. Era uma falsificação grosseira, porém ele não conseguiria diferenciar. Ele ficou bem desapontado porque iria fazer compras no mercado. O olho encheu de lágrima ao ver que perdeu tudo e foi tão honesto que quis deixar a nota para alertarem as meninas do caixa”, afirmou o segurança, em entrevista ao portal.

A mãe do menino contou ao UOL que, depois das aulas da escola, por volta das 17h, o menino vai todos os dias para o semáforo vender os doces. “Meu filho faz isso para comprar coisas para ele mesmo e sempre diz para mim que sonha ser empreendedor ou vendedor no futuro”, conta a mulher.

“Ele é uma criança que não faz nada de errado e nunca passaria uma nota falsa, tanto que chorou depois de saber disso”, completou a mãe.

fonte: https://revistaforum.com.br/brasil/menino-de-13-anos-que-vendia-trufas-no-semaforo-chora-apos-ser-enganado-com-nota-falsa-de-r-100/